sexta-feira, 31 de julho de 2015

Redentor Web TV


Já visitou o novo site da Redentor Web TV? Não perca esse canal de nossa Arquidiocese. O endereço é: http://site.redentor.tv.br/h/default

Em 2011 a WebTV Redentor surgiu como um novo veículo de divulgação dos trabalhos da Igreja no Rio, especialmente nas transmissões ao vivo de missas e eventos. Em unidade com os já existentes veículos oficiais da Arquidiocese: Portal, Jornal “O Testemunho de Fé” e a Rádio Catedral, a WebTV Redentor busca os melhores caminhos para evangelizar via internet. Com incentivo do Arcebispo Dom Orani João Tempesta, a WebTV da Arquidiocese do Rio está expandindo seus trabalhos.

Com conceitos fundamentais da comunicação como “colaboração e interatividade”, a WebTV Redentor tem o desejo de criar parcerias com as WebTV’s de Paróquias já existentes. Além disso, quer dar espaço para que os católicos se apresentem, seja através de produções próprias e/ou comentários.

Esse espaço criativo da TV via internet tem tudo a ver com o Redentor - aquele que acolhe. Esse novo canal de vídeos da Arquidiocese do Rio já conta com reportagens exclusivas e celebrações ao vivo, mas está investindo em uma vasta programação de cunho informativo/formativo, espiritualidade e entretenimento. Além disso, cumpre também o importante papel de permitir à Igreja no Rio de Janeiro um acervo de vídeos com o registro dos seus importantes acontecimentos religiosos.

Expediente

  • Assessor Eclesiástico – Padre Omar Raposo
  • Coordenadora de conteúdo – Leanna Scal
  • Repórter – Monique Vasconcelos
  • Editoras de vídeos – Andrea Ferrari e Bruna Lohnefink
  • Assistente de produção – Laís de Alencar
  • Operadores de câmera – Felipe Apolinário e Jules Guettprate

Rio de Janeiro se prepara para o Círio de Nazaré 2015

O Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas em homenagem a Nossa Senhora está chegando ao Rio de Janeiro. De 31 de julho a 2 de agosto, a imagem peregrina da Virgem de Nazaré visitará Igrejas, instituições, centros culturais e até a cracolândia, levando esperança também a todos aqueles que vivem nas periferias existenciais.
Para homenagear a Padroeira dos paraenses, a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro elaborou uma intensa programação, que também incluirá uma passagem pela Arquidiocese de Niterói. Esta é a sétima edição do Círio de Nazaré na cidade, trazido ao Rio pelo Cardeal Arcebispo, Dom Orani João Tempesta, que por quatro anos foi Arcebispo de Belém do Pará.
O Círio de Nazaré ocorre tradicionalmente no segundo domingo de outubro em Belém do Pará e, neste ano de 2015, trará como tema: “Maria, Mulher Eucarística”. Confira abaixo a programação do Círio na Arquidiocese do Rio.
PROGRAMAÇÃO
Sexta-feira, dia 31 de julho
9h – Recepção na Pérgola da Base Aérea do Galeão
10h15min – Deslocamento da Imagem Peregrina para a Arquidiocese de Niterói
11h – Chegada em Niterói
12h – Ângelus
12h30min – Retorno da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré para a Arquidiocese do Rio de Janeiro
13h30min – Visita ao Edifício João Paulo II
15h – Visita a Dufry do Brasil
16h – Deslocamento Marítimo para ilha de Paquetá

Sábado, dia 1º de agosto
7h – Visita ao Ceasa – Irajá
8h – Concentração e oração no espaço celebrativo do Cemitério de Irajá
8h40min – Saída em procissão para a Igreja Nossa Senhora da Apresentação
9h – Missa (Rio Celebra) na Igreja Nossa Senhora da Apresentação: Praça Nossa Senhora da Apresentação, 272 – Irajá
11h15min – Casa Nossa Senhora de Belém, Rua Edgar Werneck – Freguesia
12h – Ângelus na Casa Nossa Senhora de Belém
13h – Capela Nossa Senhora de Nazaré, Rua São Marcelo, 15 – Camorim
16h30min – Paróquia Jesus de Nazaré, Rua Ivanildo Alves, 83 – Parque Maré – Bonsucesso
18h – Visita a Cracolândia
19h30min – Missa na Igreja Nossa Senhora de Nazaré, Praça Nossa Senhora de Nazaré – Anchieta

Domingo, dia 2 de agosto
7h – Café da manhã com a População de Rua, na Catedral Metropolitana de São Sebastião
8h – Missa transmitida pela TV Brasil
10h – Círio em Copacabana, concentração Forte do Leme até a Avenida Princesa Isabel
12h30min – Homenagem do Centro de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)
15h – Terço na Capela Nossa Senhora de Nazaré, Praça Amazônia, Cacuia, Ilha do Governador
17h – Mini-Círio e Missa presidida por Dom Orani na Igreja Santos Mártires Ugandenses e Nossa Senhora de Nazaré, Rua Guaiúba, 130 – Acari

Evangelho do dia 31 de julho - Santo Inácio de Loyola

Mt 13,54-58

Naquele tempo, 54dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? 55Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? 56E suas irmãs não moram conosco? Então de onde lhe vem tudo isso?” 57E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” 58E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé.

domingo, 26 de julho de 2015

São Joaquim e Sant'Ana, pais de Nossa Senhora

Com alegria celebramos hoje a memória dos pais de Nossa Senhora: São Joaquim e Sant’Ana. Em hebraico, Ana exprime “graça” e Joaquim equivale a “Javé prepara ou fortalece”.
Alguns escritos apócrifos narram a respeito da vida destes que foram os primeiros educadores da Virgem Santíssima. Também os Santos Padres e a Tradição testemunham que São Joaquim e Sant’Ana correspondem aos pais de Nossa Senhora. Sant’Ana teria nascido em Belém. São Joaquim na Galileia. Ambos eram estéreis. Mas, apesar de enfrentarem esta dificuldade, viviam uma vida de fé e de temor a Deus.
O Senhor então os abençoou com o nascimento da Virgem Maria e, também segundo uma antiga tradição, São Joaquim e Sant’Ana já eram de idade avançada quando receberam esta graça. A menina Maria foi levada mais tarde pelos pais Joaquim e Ana para o Templo, onde foi educada, ficando aí até ao tempo do noivado com São José.
A data do nascimento e morte de ambos não possuímos, mas sabemos que vivem no coração da Igreja e nesta são cultuados desde o século VI.
São Joaquim e Sant’Ana, rogai por nós!
Fonte: Canção Nova

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Arquidiocese do Rio celebra dois anos da JMJ com "Vigílias Missionárias" e JOLEO

Na semana em que a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) completa dois anos de sua edição no Brasil, os fiéis cariocas terão a oportunidade de celebrar a data e recriar o ambiente de fraternidade e missão que conquistou a cidade durante o evento.
Na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, o Setor de Juventude em parceria com a Comissão de Pastoral promoverão as "Vigílias Missionárias", marcadas para acontecer, simultaneamente, em todos os vicariatos, exceto o Leopoldina, entre os dias 25 de julho, às 22h e 26, às 6h.
A programação prevê que as vigílias comecem com uma missa, seguida de adoração, pregação e testemunhos de jovens que participaram da Jornada em 2013. O tema, que orientará o encontro, será "Juventude, esperança do amanhecer", buscando atualizar a mensagem do Papa à juventude, no Brasil: ''Ide sem medo para servir".
"O objetivo é promover no coração dos jovens o desejo de estarem juntos e serem Igreja, buscarem a santidade e também levarem o amor de Deus as outras pessoas. O convite é estendido a todos os fiéis, não só aos jovens", afirmou o assessor espiritual do Setor Juventude, padre Jorge Carreira.
Missão
No Vicariato Santa Cruz, o coordenador da Pastoral da Juventude Welington de Melo contou que a expectativa para a vigília é grande e que já estão convocando os fiéis de todas as paróquias do vicariato para participarem. Ele espera que a vigília seja um momento de reviver as experiências da Jornada, quando os jovens saíram em missão e se confraternizaram.
"A JMJ foi uma ocasião em que pudemos testemunhar nossa fé. Muitas vezes, a juventude se põe reservada, então, foi uma oportunidade de sairmos das paróquias e testemunharmos com amor e fé a nossa caminhada cristã. A vigília servirá para lembrarmos do que vivemos e atualizar as experiências", comentou Wellington, que durante a Jornada teve a oportunidade de se confessar com o Papa Francisco.
Para o padre Jorge Carreira, as missões populares promovidas pela Arquidiocese do Rio devido ao Ano Arquidiocesano da Esperança atualizam a mensagem do Papa, e as vigílias impulsionarão os jovens a evangelizar.
"Qual a nossa resposta atual ao chamado do Papa, em 2013, para sairmos em missão?", provocou o sacerdote.
Vigília Missionária
Na Paróquia Divino Espírito Santo e São João Batista, no Vicariato Norte, a abertura será realizada pelo bispo auxiliar da arquidiocese Dom Luiz Henrique da Silva Brito. Para o pároco, padre Cláudio dos Santos, “a vigília vai colaborar para incentivar ainda mais a fidelidade da juventude à Igreja de Jesus Cristo. Queremos incentivar os jovens a serem permanentemente missionários”.
 No Vicariato Santa Cruz, o encontro será realizado na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, iniciado com missa presidida pelo animador do evento, padre Michel Bernardo. Padre Michel acredita que esta será uma “oportunidade de experimentar a força de Deus mais uma vez”.
A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Campinho, receberá também no dia 25 a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, por volta das 20h. Dessa forma, antes do início da vigília será realizada, além da Celebração Eucarística, às 22h, uma procissão luminosa pelas ruas do bairro do Vicariato Suburbano. Os jovens contarão com a presença do pároco, padre Sebastião Natal, e com a animação dos padres Sidnei Guimarães e Nivaldo Alves.
Locais das "Vigílias Missionárias"
Vicariato Jacarepaguá: Santuário Nossa Senhora do Loreto – Ladeira da Freguesia, 375, Freguesia.
Vicariato Norte: Paróquia Divino Espírito Santo e São João Batista – Rua Felipe Camarão, 12, no Maracanã.
Vicariato Santa Cruz: Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Praça Dom Romualdo, 11, em Santa Cruz.
Vicariato Suburbano: Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Avenida Ernani Cardoso, 418, em Campinho.
Vicariato Sul: Paróquia Nossa Senhora da Paz – Rua Visconde de Pirajá, 339, em Ipanema.
Vicariato Urbano: Paróquia Nossa Senhora da Consolata – Rua São Luiz Gonzaga, 1.860, em Benfica.

Vicariato Oeste: Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Rua Padre Paulo Corrêa de Sá, 60, em Padre Miguel.
Um dia de alegria na Leopoldina 
O "Joleo" (Jovens Orantes da Leopoldina), encontro organizado pela Pastoral da Juventude do Vicariato Leopoldina para comemorar o Dia Nacional da Juventude, este ano, também fará memória à visita do Papa Francisco ao Brasil, pela Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada no Rio de Janeiro, em 2013.
A programação do evento, que acontecerá no Instituto Pio XI, situado à Rua Roberto Silva, em Ramos, prevê momentos de oração, adoração, música e missa presidida pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta.

O "Joleo", que acontece há 13 anos, desta vez terá como tema: “Juventude em missão na caridade e na alegria de servir”, refletindo a dinâmica da missão através do Evangelho de João, capitulo 4, no qual Jesus pede água a samaritana e ela partilha sua experiência com os demais samaritanos, com as missões populares promovidas pela Arquidiocese do Rio, dentro da programação do Ano da Esperança.
De acordo com o vigário episcopal do Vicariato Leopoldina, padre Alex Siqueira, é importante que a juventude também sinta a necessidade de divulgar essa "realidade maior do que a deles: a de Jesus Cristo", e com isso, evangelizar outros jovens.
"O 'Joleo' se justifica pela dinâmica do braseiro, pois, quando se tira uma brasa do braseiro, ela esfria, mas quando uma brasa está perto de outra, ambas se aquecem, uma ajuda a outra a conservar o calor e a sua identidade", frisou o sacerdote.
Para o coordenador da Pastoral da Juventude no Vicariato Leopoldina, Thiago Lopes das Dôres, o maior fruto do encontro será a unidade.
"Cada pessoa que passar pelo 'Joleo' irá trazer consigo suas realidades e sonhos para somar com todo o vicariato. Que neste ano de 2015 possamos ser mais fortes juntos, ir mais longe, dando testemunho da fé e da esperança. Uma verdadeira igreja em unidade", convocou Thiago.
JMJ
O encontro da Leopoldina será uma oportunidade de atualizar a mensagem do Papa Francisco aos jovens brasileiros.
"Nós, jovens, queremos reviver e atualizar a mensagem do Papa Francisco, que nos enviou à missão. Por isso, o tema deste ano nos propõe viver, refletir e partilhar, buscando inspiração na água do poço de Samaria, que sacia a nossa sede com a água viva, que é Jesus", comentou Thiago.
"Quando perdemos memória, perdemos referências, e a JMJ foi um marco de fé para nós. Fazer memória desse grande evento é também fazer ecoar seus frutos em nossa vida; não deixar a chama da fé se apagar", concluiu padre Alex.
Programação
9h às 9h30min - Abertura oficial do ‘Joleo’

9h30min às 9h50min - Apresentação cultural (1ª forania)

9h50min às 10h30min – Banda Hopness

10h40min às 11h30min – Pregação (Padre Renato Chiera, da Casa do Menor S. Miguel)

11h30min às 12h30min - Almoço e DJ Eletro Carpez

12h35min às 12h50min - Chega de violência e extermínio de jovens - PJ unida pela Paz

12h50min às 13h20min - Apresentação do cantor Cláudio Castro

13h25min às 14h05min - Oficinas - Roda de Conversa e Partilha
14h10min às 14h50min - Apresentação teatral da Comunidade Shalom

15h às 15h50min - Adoração com padre Silvio Klebson

16h às 17h30min - Missa com Dom Orani João Tempesta